segunda-feira, 24 de junho de 2019

Estar no LODO e não querer sair de lá!


O sábado passado foi, simplesmente, memorável. Vai ser daqueles dias que irei guardar na minha mais especial caixinha de memórias. Pelo dia que foi, pelos lugares que visitei e, especialmente pelas pessoas que o fizerem acontecer. 

Um dos momentos altos, para mim que adoro comer - sim, estou permanentemente em dieta, mas adoro comer! eu, pecadora, me confesso... - foi o almoço na Ostraria LODO, em Faro, na Rua Conselheiro Bivar, também conhecida - pelos mais velhos - como Rua do Chiado (isto porque os Armazéns do Chiado tiveram nessa rua uma loja). 

Mas voltemos a(o) LODO! Passo à porta muitas vezes, já lá tinha estado para ir, mas nunca tinha acontecido até ao momento em que fui surpreendida por um convite enviado pelo Miguel Gião, o proprietário, no âmbito de uma parceria com o Link Bloggers Meeting.

Aqui serve-se, essencialmente, marisco. Do bom. Aliás, do melhor e mais fresco - algum, ainda vivo antes de ser cozinhado e ir para a mesa. Ainda assim, de que serve ser bom e fresco se não for confeccionado com arte? Aqui, a arte vê-se no prato e sente-se no paladar (hummm, só de escrever sobre isto já em modo rescaldo-do-evento, as minhas papilas gustativas entraram em erupção) e é impossível ir embora sem vontade de regressar.

O almoço começou com umas gambas al guilho que estavam deliciosas, com um molho mesmo a pedir pão torrado com manteiga. Sim, molhei o pão! De seguida veio para a mesa uma boa dose das mais frescas e suculentas amêijoas à bulhão pato que estavam de comer e chorar por mais. Mais uma vez o molho a pedir pão. Ahhh desgraça! Por fim, a estrela do almoço, um xarém de lavagante que é qualquer coisa de ir ao céu e voltar a cada pedacinho que se coloca na boca!

Já não tive barriga para sobremesa! O almoço foi acompanhado de um vinho espumante que fez o pairing perfeito e encerrado com um indispensável café.

Tenho, sem dúvida, de regressar pois houve umas pataniscas de berbigão que me ficaram no goto... Vou tomar nota para não me esquecer, pois todo o menu é de deixar qualquer apreciador de marisco sem saber bem por onde começar.

Obrigada, LODO pelo convite e por trazerem à cidade um espaço muito bonito, com uma pinta do caneco e onde apetece estar e voltar! 

Obrigada Link Bloggers Meeting por este mimo que soube - literalmente - muito bem!


E como quem vai ao LODO não deve ir sozinha, arrastei comigo a Janine, a Joana, a Cristiana e a Cristina!
Pano p'ra Mangas

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Blogging tips