domingo, 28 de Setembro de 2014

Entre muralhas...


O dia começou da melhor maneira possível: a balança sorriu-me quando a pisei e logo de seguida passei um par de horas no meu happy place para costurar o topo de um love quilt, que é como quem diz, o livro de honra do casamento dos meus amigos M & C. - e que ficou quase terminado.
Se começou bem, o final de tarde não foi diferente. Estava um céu delicioso e uma temperatura amena, pelo que, antes de rumar a casa, tirei a máquina fotográfica da mala e andei dentro das muralhas da cidade de olhos postos em portas, janelas, texturas e algumas cores. 
O final do passeio foi brindado com um por do sol colossal cuja beleza não consegui captar com a lente... - e reparem bem na árvore do lado esquerdo da última foto :-D


What a wonderful day! Early in the morning my bathroom scales smiled at me when I stepped on it and then I spent a few hours sewing my friends' M & C love quilt - blocks filled with beautiful words just for them on their wedding day. 
Late in the afternoon, just before I came home, I took my camera out of my bag and went inside the city walls to capture some doors, windows, textures and colours. 
In the end I was blessed with the most gorgeous sunset which I hadn't the art to capture with my camera lens... - anyway, look at the tree on the left hand side of the last photo :-D


Viram? O coração? É que eu só reparei nele quando passava as fotos no Lightroom <3 p="">
Did you spot it? The heart? I just noticed it while editing the photos on Lightroom <3 i="">

Pano p'ra Mangas

quinta-feira, 25 de Setembro de 2014

Sê feliz. Agora!



Há dias participei numa meditação orientada por um mestre - nem sei bem se será esta a palavra certa, mas ainda que não seja, não foge muito da verdade - da qual trouxe uma mensagem especial, é algo que já vivo, mas que, por ter ouvido,  ganhou outra dimensão.
Quando perguntamos às pessoas: "qual é o teu maior sonho?", muitas vezes a resposta é "O meu sonho é ser feliz!". E afinal o que é isso de "ser feliz"? Porque é que é um sonho que só irá acontecer não se sabe quando? Porque é que não és feliz agora? 
Isto fez-me pensar que, andamos sempre a perseguir este sonho de ser feliz sem nunca aproveitarmos o que nos faz feliz agora. Há, com certeza, momentos - que podem ser fracções de segundo - em cada dia que passa que exprimentamos a felicidade. Há que estar atento. Há que viver cada um desses momentos. 
Não procures a felicidade. Sê feliz. Agora!



PS - E para quem tem dificuldade em encontrar estes momentos, em recordá-los ou valorizá-los, comece por anotá-los num caderno, num guardanapo de café, num envelope usado, na berma de uma página de um livro ou (mais simples ainda) nas notas do telemóvel. É um exercício que requer prática, mas que tem resultados garantidos! 

Pano p'ra Mangas

segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

A sobremesa do Verão 2014


Se houvesse só uma palavra para a descrever, seria BOMBA! Nem me atrevo a calcular o número de calorias por dose para não ter pesadelos, mas é tãoooooo boa... a sério, é de comer e chorar por mais.
Tudo começou numa reunião de amigas de longa data - mesmo longa data!!! - em casa de uma do grupo. Combinámos que cada uma levaria uma iguaria e a L. apareceu com uma Tarte Banoffee - para mal dos nossos pecados. Mais ou menos deu para perceber quais eram os ingredientes, mas mesmo assim vim procurar uma receita. Encontrei muitas. Cada uma "pior" que a outra, e desde então a cada festa ou reunião lá fico eu obrigada a levar a dita tarte. Para a primeira - e já vou próximo da meia dúzia! -  segui a receita, mas as seguintes têm sido alvo de algum improviso.
Hoje fiz mais uma e fi-la da seguinte maneira:

2/3 de um pacote de bolachas digestivas
aproximadamente 4 colheres de sopa de manteiga sem sal
1 lata de leite condensado cozido
3 bananas maduras
1 pacote de natas
3 claras batidas em castelo
canela e gengibre em pó qb

Na Bimby coloquei as bolachas, a manteiga e o gengibre (15seg/vel 4). Com esta massa de bolacha forrei uma forma de mola e levei ao forno por 10 minutos a 180ºC. 
Depois de arrefecer um pouco, espalhei uma banana em rodelas finas. Por cima, espalhei o leite condensado e por cima as outras duas bananas, também em rodelas finas. Polvilhei com canela.
Em taças separadas bati as natas em chantili (com umas gotas de limão) e as claras e no fim envolvi as duas. Com a ajuda de uma colher cobri a última camada de banana.
Polvilhei com canela e coloquei no congelador (saindo de casa semi congelada, chegou a casa de uns amigos no ponto para ser servida).

Já alguma vez experimentaram fazer/comer este doce? Que outra receita usam?


If there was a word to describe this dessert, the word would be BOMB!!! I don't want to think about the amount of calories in one slice otherwise I'll have nightmares.
Everything started at a dinner party in a friend's house. Each one of us should bring a different dish and L. turned up with a Banoffee Pie - a paie from heaven (...or from hell!!!). It was so good that I decided to check how it was made and since then for all the dinner parties I'm in charge of making one. For the first one I followed a recipe I found through Pinterest, but since then I've been testing different ways of making it.
Here's the recipe I "followed" today.

2/3 of a digestive biscuits pack
4 spoons of unsalted butter
1 can of cooked condensed milk
1 pack of cream
3 egg whites
cinamon and powder ginger

I used the Thermomix to make the base of the pie, using the biscuits, the butter and a bit of ginger. Lined a baking tin and put it in the oven just to harden (10 min/180ºC). Let it cool for a bit and then spread a banana in thin slices.On top of it I put the condensed milk and then laered the remaining bananas. Whipped the cream and the egg whites - in different bowls - and then mixed them together. With a spoon I covered the pie, sprinkled with cinnamon ans put it in the freeezer to cool down - this way when it was ready to be served at my friend's party.

Have you ever tried this? Which recipe do you follow?

Pano p'ra Mangas

domingo, 21 de Setembro de 2014

A morrer de amor

 
Nos próximos dias quem está perto de mim vai deixar de me poder aturar! 
"Por que razão?" Porque estou a rebentar de orgulho e vaidade - sem qualquer ponta de modéstia! - deste quadro que fiz ontem para o casamento da minha querida amiga Mónica. Fiz muitas mais coisas, é verdade, mas esta... vai-me ficar na memória por muito tempo. 
"E porquê?" Por várias razões: pelas dimensões - eu sentei-me no chão, eu estiquei-me até não poder mais, eu equilibrei-me numa cadeira num chão irregular..., por não me ter enganado uma única vez (oohhh yyeeahhhh!), porque ficou direitinho, e... ficou lindo! Simples, mas muito bonito!
Apenas tirei uma foto do making of, por isso quero agradecer ao fantástico Miguel Almeida - um dos fotógrafos contratados da equipa do João Almeida, por esta fotografia que ele colocou ontem à noite no Instagram (e que eu surrupiei...) e que me deixou - literalmente - a babar.
Sabem o que me apetecia? Ir buscar o quadro e trazê-lo para casa pois sei que nunca irei conseguir fazer outro igual!


I'm so proud of myself that in the next few days people will think I'm impossible!
Why? Well, because yesterday I made this chalk board for a good friend's wedding. I made a lot of things, but this board is really special.
And why's that? For several reasons: this board is gigantic - I had to sit on the floor, I had to stretch my body to the sky, I had to find balance on the top of a chair on a stone pavement, I didn't have ro erase it a single time (oohh yeeahhhh!) and all the letters are lined and straight, and... it looks so beautiful! Simple, but really beautiful!
I only took one photo while making it, so I would like to thank the fantastic Miguel Almeida - one of the photographers from João Almeida's team, for this shot he published late last night on Instagram. Since I saw it I carry a silly smile on my face...
Do you know what I feel like I wanted to do? To get the board and bring it home because I know I'll never make one like it

Créditos da imagem: Miguel Almeida via Instagram

Pano p'ra Mangas

terça-feira, 16 de Setembro de 2014

From Lisbon with Love


Há dias fiz uma visita relâmpago a Lisboa e, como quando cheguei tive muito tempo por  minha conta, fui passear com o meu pai até à Baixa. Levei-o à Rua Augusta com o intuito de subir ao Arco, pois desde que abriu ainda não tinha conseguido lá ir. A vista é o que eu já esperava: deslumbrante! De um lado o tejo a perder de vista emoldurado pelo Cais das Colunas. Do outro a calçada repleta de turistas que visitam a cidade e o castelo no topo da colina. 
Ahh Lisboa, as saudades que já tinha de ti. Hei-de voltar em breve e para ficar (muito) mais tempo.

A few days ago I had to go to Lisbon for a 24 hour visit but when I arrived I had plenty of time on my own so I took my father for a walk in the city centre (aka Baixa). I took him to Rua Augusta and we went up the Arch, as I hadn't had the chance to go there since it opened a year ago. The views are stunning! On one side the Tagus river framed by the Cais das Colunas. On the othes side the stone pavement (aka "calçada") filled with tourists and the castle on the top of the hill.
Ahhh Lisbon, I missed you so much! I'll come back soon and hopefully for a long period of time.


Pano p'ra Mangas

segunda-feira, 15 de Setembro de 2014

#morningcoffee

 
Gosto de beber um café de manhã.
Gosto do meu café sem açúcar.
No fundo da chávena deixo sempre uma pinga :-)
Se estiver em casa bebo Nespresso, mas se estiver na rua procuro um Delta.
Acho giras fotos que envolvam chávenas de café - pancadas minhas...

E vocês? Qual a vossa relação com o café? Desafio-vos a tirarem fotos e a colocarem no facebook ou no instagram com a hashtag #morningcoffee . Aceitam o desafio?

:::

I like an expresso in the morning.
I like my coffee without sugar.
In the end I always leave a drop.
If I am at home I drin a Nespresso but if I'm out I always look for a Delta.
I like photos of  coffee cups - just a crush...

What about you? Which is your relation with coffee? I would like to challenge you to shoot photos of your coffee cups and post it on facebook or instagram using the hashtag #morningcoffee . Will you take this challenge?

Pano p'ra Mangas



domingo, 14 de Setembro de 2014

The simple things of life



Quem me conhece sabe que eu não sou pessoa para me deslumbrar com excessos - aliás, acho tudo tão "normal", que muitas vezes dou comigo a pensar que eu é que não sou normal!, e que nas pequenas e simples coisas que nos rodeiam consigo ver detalhes e beleza que me deslumbram - um contransenso, talvez... - por isso há dias, quando fiz uma viagem de Lisboa para Faro sentada no lugar do pendura não dei descanso à máquina fotográfica e vim grande parte da viagem a fotografar núvens. Sim, núvens - estavam tão lindas e irresistíveis que pareciam algodão doce! e daí partilhá-las convosco.

:::

For those who know me well know that I love the simple things of life. Anything in excess is too much and I do not appreciate it - sometimes this makes me feel a bit weird, believe me. 
A few days ago I travelled from Lisbon to Faro and my camera didn't stop for a minute. Why? I took tens of photos of the clouds in the sky - they were so beautiful I couldn't resist. They really looked like cotton candy! so I'm sharing them with you.



 
Pano p'ra Mangas


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Blogging tips