terça-feira, 28 de maio de 2013

Let's go for a pic-nic?

(Scroll down for English)

Há uns anos ouvi de um inglês que nós, os portugueses, não tínhamos o hábito dos piqueniques. Fiquei, de certo modo, surpreendida, pois venho de uma família "piqueniqueira", das que não saíam de casa sem um farnel para o que der e vier - não, nunca fomos daqueles que assam sardinhas na praia ou lavam os tomates para a salada à beira mar, sempre fomos mais amigos das pataniscas de bacalhau, as empadas de galinha, a fruta já arranjada e, como é óbvio, um bolinho de fatia feito no próprio dia. Em miúda, especialmente no Verão não havia fim-de-semana que não fosse de praia e piquenique. Que saudades...
Isto a propósito da observação do tal inglês. No entanto agora compreendo o que ele queria dizer...
Aqui, mal o sol espreita e os parques enchem-se de pessoas - sozinhas, aos pares, em pequenos grupos ou até famílias inteiras com várias gerações - e respectivos farneis (que até podem ter sido comprados no supermercado mais próximo, mas isso não os invalida...). Trazem também mantas para o efeito - das mais simples às mais sofisticadas que, depois de dobradas, quase não ocupam espaço. E que mais não pode faltar? O saco térmico com garrafas de vinho branco - chardonay e riesling parecem-me os mais comuns por aqui - e os copos de pé alto!
Nos parques poucas são as zonas relvadas cercadas e nas restantes não se vislumbra o tão comum sinal por terras lusas "Por favor não pisar a relva" o que contribui, de certeza, para que elas se encham de gente colorida, gargalhadas e muitos... piqueniques.
Também eu fui contagiada por esta onda e ontem fui para o parque em óptima companhia: a minha manta, um caderno e o tricot. Ainda bem que o fiz, pois isso deu-me ânimo para mais uma semana que começou (hoje) muito cinzenta!

E agora pergunto-vos eu: quem é que não gosta de um bom piquenique? (formigas incluídas :-))


A few years ago I heard form an English gentleman that the Portuguese people don't do pic nics. That sounded really awkward because I come from a family that loves pic-nics - believe me or not when we leave home for a day out we always take our basket with us. No, we do not grill sardines on eht beach or wash our salad in the sea (LOL) as we prefer some very portuguese finger food and a freshly baked cake. I remember when I was a child that during the Summer the weekend was sinonimous of going to the beach and a pic-nic afterward. Ohh I miss those days...
All this due to what that gentleman told me, but now I understand what he meant...
Here, as soon as the sun comes out the parks get crowded with people and their pic-nics. Everything is pic-nic: pic-nic blankets, pic-nic baskets, pic-nic wine glasses. I just love it!
Yesterday it was a bank holiday and the weather was fantastic so I also went for a a pic-nic: me, myself and I, my quilt, a sketchbook and my knitting kit. I'm glad I did it as today the weather is just crap!

What about you? How much do you like pic-nics? (ants included...)


10 comentários:

  1. Adoro picnics e as minhas lembranças de infância incluem os picnics de que falas, debaixo de frondosos pinheiros com as crianças a brincar durante a tarde. Quando vou a Londres (que saudades) também gosto de disfrutar desses maravilhosos parques. Esqueço o pequeno almoço no hotel e compro fruta, sumos e sanduíches e fazemos logo im lanche matinal na relva, com direito a esquilos e tudo. Boa semana e sol no próximo fim de semana para mais um picnic!

    ResponderEliminar
  2. Pois é, nós cá, ao contrário de muitos outros países europeus, vivemos muito pouco na rua ... mesmo com o clima priviligiado que temos, os parques normalmente estão vazios; talvez por termos o mar aqui tão perto e a maioria prefira ir até à praia, não sei, mas o que é facto é que os centros comerciais estão sempre cheios :/

    ResponderEliminar
  3. Mete-me cá uma raiva de os parques por aqui serem só de passagem, pomos o pé na relva e vem já alguém a reclamar...
    Bons piqueniques!!

    ResponderEliminar
  4. Se eu tivesse uma manta como essa fazia piqueniques todas as semanas!
    A meia vai muito bem, as minhas primeiras meias também foram feitas por essa receita e com as 5 agulhas. Agora magic loop para qualquer número de malhas!

    ResponderEliminar
  5. Adoro picnis. E e exactamente como dizes, ai em Londres, assim que o sol espreita, tem que ser aproveitado ao maximo. Os espaços verdes e parques enchem-se, o cheiro a BBQ sente-se no ar, e ate as varandas sao mais utilizadas do que em Portugal.
    Almocei muitas vezes em Russel Square, ai que saudades.

    Ligia
    X

    ResponderEliminar
  6. Adoro picnis. E e exactamente como dizes, ai em Londres, assim que o sol espreita, tem que ser aproveitado ao maximo. Os espaços verdes e parques enchem-se, o cheiro a BBQ sente-se no ar, e ate as varandas sao mais utilizadas do que em Portugal.
    Almocei muitas vezes em Russel Square, ai que saudades.

    Ligia
    X

    ResponderEliminar
  7. Gosto, adoro! Em miúda também fazia piqueniques em dias de praia. Adora o super piquenique que envolvia a família do Algarve onde nos juntávamos no pinhal da praia do cavalo preto! Até lhe sinto o cheirinho!!! De facto, em Portugal é raro o espaço verde onde podemos abancar para um piquenique. Tentámos no Jardim do Cerco - em Mafra - mas fomos corridos do relvado!

    ResponderEliminar
  8. fiz alguns quando era garota. Hoje já não tanto. Talvez porque o marido não gosta.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Blogging tips