sábado, 7 de março de 2020

People of Faro by Contextos


Há umas semanas fui entrevistada para uma rubrica denominada People of Faro, no âmbito de um projecto desenvolvido pela Associação Contextos cuja hashtag #peopleoffaro podem usar nas redes sociais para descobrir uma série de pessoas talentosas aqui da vila. 

O convite foi feito pela Beste, uma miúda turca, temporariamente a viver e a fazer voluntariado em Portugal e com uma história - com certeza comum a muitas outras pessoas - de fazer correr as lágrimas pelo rostos de que a ouve. Uma história de perda, de dor e de superação, que ela partilhou no PechaKucha (sobre isto falarei noutro post)


Encontrámo-nos num dia frio de Janeiro na Baixa de Faro e fomos até à Cidade Velha, zona que me é muito querida, por ser pequenina e acolhedora e por me trazer sempre algo de novo quando por lá ando. Sabem aquele coisa que gosto de fazer que é ser turista na minha própria cidade? 

Com ela veio a Ana Monteiro, fotógrafa, que conseguiu captar o meu mais emotivo sorriso - ou pelo menos aquele que é possível em dias de Inverno, já que eu, apesar de gostar do frio, sou uma pessoa sol e que precisa de bom tempo. Eu, de microfone ao peito e a Beste de gravador em punho lá me foi fazendo umas perguntas.

O texto original está em inglês, mas para quem quiser, deixo aqui a tradução do mesmo.

Movida a curiosidade, a Margarida considera o palco a sua casa. Ter começado ballet aos 41 anos é o seu super-poder.

Quem é a Margarida?

A Margarida é uma pessoa muito curiosa. Normalmente digo que sou movida a curiosidade e que esse é o meu combustível. Sempre fui assim. Sou uma pessoa tímida e introvertida, apesar de as pessoas não o acharem.
Sou portuguesa, de Faro. Vivi quase toda a minha vida aqui com alguns períodos no estrangeiro. Fiz Erasmus na Austria, em 1994, quando mal se sabia o que isso era. E há alguns anos vivi em Londres durante um ano e meio. A minha alma está em qualquer lugar.
O que queres ser quando fores mais velha?
Eu deixo-me ir na corrente. Presentemente estou a leccionar Escrita Criativa e, talvez, seja este o caminho, pelo menos durante uns anos. Um dos meus sonhos é participar numa TedX: estar em palco! Porque o palco é onde me sinto em casa.
Aos 41 anos decidi seguir um sonho de criança que era aprender ballet clássico. Encontrei aulas de ballet para adultos em Faro e no final desse ano lectivo tivemos um espectáculo. Dançámos um pequeno excerto do Lago dos Cisnes. Depois disso fiz Giselle e Dom Quixote, sempre de tutu e sapatilhas de pontas! Isto foi o sonho de uma criança tornado realidade depois dos 40 anos. O meu super poder é ter-me iniciado no ballet aos 41.

Qual é a primeira coisa que te vem à cabeça quando pensas em Faro?
O sol e a luz. Também as ilhas, A Ilha do Farol também me sabe a casa - é um lugar feliz. É um lugar onde me sinto segura e em paz e onde gosto de estar durante o Verão.
Qual seria a banda sonora da história da tua vida?
Esta pergunta faz-me reviver os meus tempos de Erasmus. Havia uma banda chamada Extreme. Também os U2 ou os Xutos e Pontapés. Actualmente gosto de ouvir música clássica e bandas sonoras de filmes, sendo Hans Zimmer o meu compositor favorito. Posso passar horas seguidas a ouvi-lo.
Qual o lugar em Faro, com o qual estás mais conectada? Porquê?
A Ilha do Farol. Porque algumas das minhas melhores memórias vêm de lá, desde a minha infância até à minha vida adulta. Lembro-me, por exemplo, de no final do terceiro ano da faculdade estar completamente esgotada e de a minha mãe me querer levar ao médico. Eu não quis. Disse-lhe que apenas precisava de passar uns dias na ilha e que ficaria bem. E assim foi.Passei lá cinco dias e fiquei curada. 
Também o centro da cidade. Porque gosto de andar por aqui, às vezes com a minha camera outras apenas com o telefone. Por muitas vezes que passe pelo mesmo lugar, a luz e os dias, tornam-no diferente.
Passados uns dias, voltei a encontrar-me com a Beste e com a Ana, não para mais perguntas, mas para umas fotos LINDAS DE MORRER no meu (mini) Atelier da Barafunda! Obrigada, do fundo do coração 💗


Pano p'ra Mangas

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Blogging tips