terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Vamos falar de coisas sérias: copo menstrual


No início do ano, comprometi-me a viver os meus dias de uma forma mais sustentável. Posso não fazer grande coisa, mas o que fizer já é uma ajuda. É qualquer coisa como a famosa frase de Neil Armstrong: "That's one small step for man, one giant leap for mankind."

Se cada um de nós contribuir um pouco, tenho a certeza que amanhã teremos um planeta melhor. 

Aos já vulgares sacos de pano, que andam sempre na mala para qualquer eventualidade, à garrafa de água de 1.5lt de água metida no autoclismo, ao deixar o carro em casa e andar a pé ou ao facto de evitar comprar frutas e vegetais embalados, iniciei outras boas práticas que não custam nada e fazem toda a diferença. Comecei, por exemplo, a levar uma pequena caixa na mala para quando trago queijo fresco do mercado e fiz algumas mudanças no que diz à minha higiene - não, não deixei de tomar banho ou de lavar os dentes...

Como já o disse aqui, substitui a minha escova de dentes de plástico por uma de bambu. Tinha-a já há algum tempo, mas apenas a coloquei a uso quando a antiga estava em final de vida - ainda assim, não foi para o lixo e está reservada para as limpezas. Afinal, uma atitude amiga do ambiente não é substituir tudo o que temos em casa por coisas novas so por serem eco-friendly. Uma atitude amiga do ambiente passa por ir substituído à medida das necessidades.

A outra grande decisão que tomei - e não foi fácil, garanto-vos - foi deixar de usar pensos e tampões higiénicos. Então? Calma... Não cheguei ao ponto de usar pensos reutilizáveis - that's a bit too much!!!! Optei, antes, pelo uso do copo menstrual.

Algumas pessoas dirão "ai que horror!" ou "ai que nojo!" Não. Não tem nada de horror. Não tem nada de nojo. A não ser que tenham nojo de vos próprias. Posso afirmar, até, que é muito mais limpo que qualquer tampão ou penso. 

Primeiro estranha-se, mas depois - literalmente - entranha-se. Que me perdoem as pessoas mais púdicas,para não chamar preconceituosas, mas não há outra forma de falar nisto. Deixemo-nos de falsos pudores, ok? E eufemismos ou metáforas vou deixá-las para os anúncios ridículos da Evax ou da Tampax, publicidade à parte.
Antes de comprar o meu, fiz algumas pesquisas e coloquei-me algumas questões, as quais partilho, agora, convosco, pois as minhas dúvidas podem ser bem as vossas.  

Onde posso comprar?
Há várias marcas disponíveis no mercado e o copo menstrual pode ser adquirido, por exemplo, em farmácias, para-farmácias, lojas que promovem a venda de produdos biológicos/sustentáveis ou online.

Qual é o preço?
Os preços variam consoante as marcas e os locais de venda. Eu comprei o meu online, pois aproveitei uma promoção da Organicup em que pelo preço de um me enviavam dois.
Num primeiro momento até pode parecer caro, mas se fizermos contas ao que se gasta em pensos e tampões, em pouco tempo, o copo está pago. Além disso, os copos menstruais actualmente disponiveis no mercado tem uma durabilidade de até 10 anos.

Como escolho o tamanho?
Da marca que comprei há dois tamanhos: um para mulheres que já fizeram um parto vaginal e outro para quem não fez parto vaginal. Vistas as coisas deste prisma, é facil a decisão. Outras marcas terão outras tabelas, algumas variam entre os tamanhos S e  XL

É fácil de usar?
Sim. É fácil e muito prático: just relax and take it easy. Quer para introduzir o copo menstrual na vagina, quer para o retirar basta que se encontre a posição certa para o fazer de modo a não causar desconforto. Uma vez colocado, o copo adapta-se ao organismo e não temos de nos preocupar mais. Ao contrário dos tampões que devem ser mudados, em extremo, ao fim de 8 horas, o copo menstrual pode ser retirado apenas ao fim de 12 horas - tudo depende do fluxo, evidentemente, e num primeiro momento há que testar.

Confesso que a primeira vez que usei tive alguma dificuldade em retirá-lo e enervei-me. Cheguei a pensar que teria de ir ao hospital ou ao centro de saúde para o remover, mas bolas... se isso acontecesse, acontecia. Teria sido confrangedor, mas não seria vergonha nenhuma. Há coisas bem piores!!!! Não foi necessário. É mesmo uma questão de prática.

Pode haver fugas?
Segundo as marcas, dali nada foge! Nada mesmo :-) Nem a fazer o pino.

Como se higieniza o copo menstrual?
Basta passá-lo por água morna e um sabão neutro e secá-lo numa toalha ou papel higiénico e está pronto a ser usado. Há, também há venda "produtos próprios" para o efeito, mas segundo as leituras que fiz, não há necessidade.

O copo menstrual vem munido de um saquinho de algodão, onde poderá ser guardado de um mês para o outro. Antes de cada utilização é conveniente limpá-lo.

Uma das grandes vantagens que senti relativamente aos pensos e aos tampões é a ausência de odor. Zero cheiro! Ponho-o de manhã, tiro-o e higienizo-o ao final do dia e volto a pô-lo para dormir. Faço desporto sem qualquer problema nem desconforto. E como já disse umas linhas acima: Zero fugas!

Eu sou aquela pessoa céptica e resistente a algumas destas "modernicas", mas quando experimento, normalmente fico rendida e afinal, aquilo que durante algum tempo me intrigou e me deixou de pé atrás é, agora ,um excelente aliado naqueles dias chatos do mês.

Relativamente a estes dias só há uma coisa que não tem solução: o meu humor de urso!!! Por favor, deixem-me dentro da caverna se não quiserem ser vítimas de um ataque.

Abaixo deixo-vos um infográfico onde é feita a comparação entre o uso de tampões e o copo menstrual. Caso tenham dúvidas e não vos apetecer pesquisar no Google - que foi o que fiz antes de comprar - deixem-me um comentário ou enviem-me um e-mail e eu tentarei responder na medida do possível.


#notsponsored - o facto de falar na Organicup prende-se unica e exclusivamente com a minha experiência enquanto utilizadora desta marca, pois, na altura em que fiz a compra foi a que me ofereceu uma melhor relação qualidade/preço.

Pano p'ra Mangas

2 comentários:

  1. Minha querida, em conversa com 2 amigas que usavam, fiquei curiosa. Também pesquisei e acabei por encomendar o meu numa farmácia. Nunca mais quis outra coisa.
    Fácil de usar e muito prático. E só de pensar q não tenho de ir ao wc mudar quando vou um dia inteiro para a praia, ou de viagem, é seguramente uma excelente escolha... já para não falar do dispendioso que se torna a compra de pensos e/ou tampões e do mal que fazemos ao meio ambiente!
    Portanto, bem vinda ao clube 😊
    Quem começa a usar, já não quer outra coisa!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. É uma ótima opção, mais prática do que pode parecer ao início e ecológica. A quantidade de pessoas que adota comportamentos ecológicos na sua vida parece cada vez maior, fará certamente a diferença para um planeta e pessoas mais saudáveis.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Blogging tips