quinta-feira, 2 de janeiro de 2020

Paper & Book Lover

Finalmente dou sinal de que estou viva! E primeiro post do ano é sobre livros... e sobre capas de livros!

Desde miúda que fui habituada a forrar livros e cadernos, especialmente os escolares, para não se estragarem. Se havia algo de que gostava no início de Setembro era rodear-me de papeis, recortes, revistas, catálogos da Benetton ... que serviam para fazer capas bonitas. Modéstia à parte, eu e a minha irmã tínhamos sempre cadernos giríssimos!

Os anos de escola há muito que se foram, mas os hábitos ficaram, por isso quando compro livros que têm de ser muito manuseados, forro-os, leio-os e só quando vão para a estante lhes tiro as sobre-capas - caso contrário teria de tirar cada um da estante e abri-lo de cada vez que quisesse voltar a ele.

A função é apenas essa, a de proteger, pois nem eu preciso de impressionar ninguém com o que ando a ler, nem escandalizar olhos mais sensíveis. 

Estes quatro vão andar nas minhas mãos nos próximos tempos :-) Forrei-os com sacos de papel dos presentes de Natal e os embrulhos contemplados foram os da Parfois, da Benetton, da Women' Secret e da Oslo. Ficaram giros! Acho-lhes piada.

Ah, mas isto de mostrar capas forradas não está com nada, pois o que interessa é o conteúdo. São todos diferentes, uns oferecidos, outros comprados e todos recomendados.


Já o li todo. Fui lendo com o meu Mapa/Carta Astral ao lado para tentar perceber, pelo menos os nomes das coisas. Sim, eu sou curiosa e gosto destas coisas! Além disso tenho umas amigas que falam "zodiaquês" ou "astrologuês" e eu tenho de conseguir acompanhar as conversas. Já me bastou os anos - inesquecíveis - de faculdade em que os meus amigos e amigas mais próximos eram todos de Direito. Conseguem imaginar as conversas? À conta disso fiquei com a fama de que era muito calada... pudera, as conversas giravam sempre à volta do mesmo: Direito! Eu era a outsider que conhecia Chomsky, Saussure, sabia alfabeto fonético, ... Enfim. Não vou ficar de parte, novamente!


Ainda não desisti da ideia de um dia estar em cima de um palco TEDx, e depois das experiências na SHARE Algarve e no Link Bloggers Meeting ainda fiquei mais com o bichinho em mim.Não sei quando, nem a falar sobre o quê, mas isto é um sonho já com alguns anos e, dentro da minha cabeça, até consigo visualizar a cena toda , por isso nada como começar a aprender um pouco sobre o assunto. Acho que vou ter de fazer, também, umas sessões de terapia da fala de forma a melhorar a minha dicção, mas isso fica para depois.


Este foi-me recomendado por uma amiga que é uma ávida consumidora de audio-books. De vez em quando gosto de ler um livro deste género, apenas porque sim, porque tenho mais a ganhar do que a perder e porque há temas que são deveras interessantes. Ainda não passei do índice e, possivelmente, vou saltar a introdução - tenho uma espécie de alergia a introduções e prefácios, vá-se lá saber porquê!


Ando de olho neste livro há algum tempo e, não sendo uma prioridade, tem sido adiado... Ora numa troca que tive de fazer, trouxe o Seth comigo. Acho que foi uma boa escolha. O Marketing é uma área sobre a qual nunca estudei mas que há muito desperta em mim a curiosidade. Lembro-me dos primórdios da Marketeer - lia-a de fio a pavio - e, mais tarde trabalhei numa empresa que recebia a Meios e Publicidade e quem a lia era eu...Depois veio a internet, as redes sociais e a curiosidade e vontade de saber mais não se esgotou, muito pelo contrário, adensou-se. Quando é que o vou ler? Ainda não sei, mas espero fazê-lo no primeiro trimestre de 2020.

Agora, contem-me tudo? O que andam a ler? Que livros couberam no sapatinho? E têm hábitos esquisitos como eu - forrar livros e lê-los com um lápis na mão?

Pano p'ra Mangas

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Blogging tips