terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Dom Rodrigo


Hoje fiz, pela primeira vez bolos D. Rodrigo, um dos meus doces regionais preferidos. Adoro! Se numa mesa de doces, onde eu só possa escolher um, houver estes pequenos embrulhos, nem penso duas vezes. Há muitos anos a minha mãe aprendeu a fazê-los da forma tradicional, mas desde que soube que era possível fazê-los na Bimby guardou o funil de bicos e começou a fazê-los lá. Como eu não tenho estado cá ainda não tinha tido a oportunidade de os experimentar - é que este não é o tipo de doce que se faça com a regularidade de um simples bolo de maçã. É um doce especial para ocasiões igualmente especiais.
Ao longo do processo coloquei algumas fotos no Instagram para vos mostrar como é possível:

Ahh, é verdade! A receita, certo? A receita foi retirada do livro das receitas do Algarve - que eu exibo com o maior orgulho, pois não só é o "livro da minha terra", mas porque tem lá duas receitas da minha mãe <3 p="">


Ingredientes para os ovos moles com amêndoa
70gr de amêndoa sem pele
250gr de açúcar
140gr de água
8 gemas de ovo

Ingredientes para os fios de ovos
300gr de água
500gr de açúcar
18 gemas de ovo

Vai necessitar de:
3 tigelas pequenas
1 recipiente para reservar a calda
passador de rede fina
papel para embrulhar os bolos

Preparação dos ovos moles
1. Coloque no copo a amêndoa e triture 3seg/vel5. Reserve
2. No copo coloque o açúcar e a água e programe 20min/varoma/vel1. Retire o copo da base para que arrefeça mais depressa. Deixe a calda arrefecer até aos 60ºC
3. Adicione à calda a amêndoa reservada e envolva com a espátula.
4. Deite numa taça as gemas, passando-as pelo coador e reserve-as.
5. Coloque a "borboleta", programe 6min/varoma/vel1 e deite as gemas em fio fino através do bocal da tampa. Quando terminar o tempo retire de imediato para uma taça. Reserve.

Preparação dos fios de ovos
6. No copo limpo coloque a água e o açúcar e programe 8min/100ºC/vel4
7. Entretanto separe as gemas das claras, 6 ovos de cada vez e retire a capa protectora das gemas, passando-as pelo coador, sem as bater e reserve. (6 por tigela)
8. Quando terminar, programe mais 4min/varoma/colher inversa/vel2. Quando a calda chegar ao ponto espuma, comece a verter as primeiras gemas como na foto. As gemas devem cozer na calda por um minuto.
9. Coe os fios com a ajuda do cesto reservando a calda e deite os fios num prato, que foi passado por água fria, abrindo-os com a ajuda de um garfo para que não se colem.
10. Com a restante calda repita a operação mais duas vezes com 6 gemas de cada vez
11. Coloque no frigorífico para que fiquem rijos.

Montagem do Dom Rodrigo (aqui não segui a receita e fiz como descrevo a seguir)
12. Misture os fios de ovos com o creme de ovos com amêndoa
13. Com uma colher faça pequenos montes em cada quadrado de papel de prata e regue com um pouco de calda.
14. Polvilhe com canela e embrulhe.


Pano p'ra Mangas

9 comentários:

  1. Sem dúvida um dos meus doces algarvios preferidos! Enquanto morei em Faro podia encontrá-los facilmente e raramente os comia. Agora no Porto não os encontro (ou são fraquinhos) e tenho sempre vontade de Dom Rodrigos! Agora já posso experimentar fazê-los em casa, obrigada! Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Nunca provei, mas devem ser deliciosos, pois adoro doce de ovos e a Bimby deve facilitar em muito a sua confecção. Adoro os embrulhos coloridos!

    ResponderEliminar
  3. Eu gosto tanto tanto tanto....
    Que saudades dos meus tempos de estudante no Algarve ;)

    ResponderEliminar
  4. Adoro D. Rodrigos! Mas confesso que só os como nas férias, no Algarve. Esses ficaram com bom aspeto, yammi!

    ResponderEliminar
  5. Ai, ai, ai, ai! O que eu dava neste momento para podermos mexer literalmente no computador! Também adoro, aliás adoro todos os doces algarvios! Quando comecei a ir a casamentos por Lisboa a 1.ª coisa que fazia quando entrava era procurar a mesa com os doces do Algarve! Quando reclamei é que disseram: mas pensas que estás no Algarve? Ops! Na minha cabeça casamento que é casamento teria de ter doces do Algarve!!! Sou fã! É pena começarem a aparecer receitas (muito) desviadas das tradicionais. Quando vou ao Algarve um dos sítios onde encontro bolos mesmo tradicionais é na zona do barlavento. Antes de começares a fazer onde é que encontravas na zona centro?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai Verónica não percebi a tua pergunta... Na zona centro do país? Se é aí não faço ideia! O mais centro que alguma vez vivi foi em Lisboa... Se te referes à "zona centro" do Algarve (eixo Faro-Loulé) qualquer boa pastelaria tem bolos algarvios do melhor!

      Eliminar
  6. Marcella Lobo3:36 da tarde

    Moro no Brasil descendente de portugueses e adoro este doce. Muito grata pela receita!!!! Vou tentar faze-la. Um abraço forte

    ResponderEliminar
  7. um verdadeiro atentado ao verdadeiro Dom Rodrigo

    ResponderEliminar
  8. Deve ser delicioso! Não conhecia o D. Rodrigo, acho que deve ser difícil para eu fazer...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Blogging tips