domingo, 19 de fevereiro de 2017

Como ganhar notoriedade no Instagram?


Quem é que neste mundo online não usa Instagram? Os utilizadores mais antigos reclamam de algumas alterações que têm vindo a ser feitas, mas certo é que continuam a fazer desta rede um poderoso meio de partilha de imagens - algumas instantâneas, outras mais compostas, outras que nos deixam a pensar "what the hell?" e outras - ainda - que nos fazem suspirar. Uma coisa é certa: independentemente da motivação e do tema o que queremos ver são imagens que despertem um momento WOW!

De entre as plataformas onde o PpM marca presença, o Instagram é, neste momento, aquela onde estou mais assídua. Não porque tenha já reunido uma grande quantidade de seguidores, mas porque é a de mais fácil partilha de imagens originais - não sou grande adepta dos reposts, confesso (deixo isso para as marcas que prtilham imagens dos seus seguidores). Se há dias que disparo e partilho, outros há que programo as fotos e se houvesse separadores para os temas acho que os ganhavam seriam:
- feet selfie: não é que tenha pés ou sapatos particularmente atraentes, mas aos meus pés encontro sempre, ou coloco, coisas giras que gosto de partilhar.
- the morning issue: sob este tema tenho duzentas e muitas imagens, produzidas pela manhã em poucos minutos e sempre com um elemento comum - o meu chá matinal.
- i have a crush for hearts: até pode enjoar, mas eu não enjoo - gosto de corações, pronto! há quem goste de gatos...
- ballet: ahhh as aulas, as sapatilhas...este mundo que descobri há quase um ano e meio que tem tanto de apaixonante como de desafiante.

Apesar da popularidade do Instagram não acho que seja muito fácil nem o crescimento da comunidade nem o engagement com a mesma, contudo há formas de o fazer sem recorrer a meios menos claros - como comprar followers sabe-se lá onde.  Tenho andado a ler sobre o assunto e a estudá-lo e ando a testar algumas técnicas no PpM, as quais quero partilhar convosco. Algumas são tão simples que ficamos a pensar: "como é que eu não pensei nisto antes?" 

São apenas quatro. Se quiserem leiam até ao fim, e nos comentários deixem as vossas ideias e experiências - afinal ninguém sabe tudo e todos aprendemos um pouco uns com os outros. Como dizem os ingleses: "sharing is caring"

1. Fotos: entre as dezenas, centenas ou milhares de contas que seguem, seleccionem entre uma a duas dúzias - para começar, não mais do que isso, pois a intenção é dar conta do recado - que sejam do vosso interesse e comecem não só por carregar no pequeno coração de like, mas também a deixar comentários relevantes e genuínos. Um simples "wow" ou "love it" irão quase de certeza perder-se entre centenas de outros iguais, por isso procurem acrescentar valor a essas pequenas frases. Ainda na questão dos comentários, ser o primeiro a comentar não vos irá servir de muito, pois quase de imediato esse comentário ficará perdido, desaparecerá - já repararam que quando um post passa no feed o comentário que se vê é o último que foi deixado? Pois é! Se a um conteúdo de valor se conseguir acrescentar o facto de ser o último comentário da lista é um xeque mate, pois as hipóteses de suscitar curiosidade nas pessoas é muito maior.

Exemplo: uma foto de um prato delicioso com um link para uma receita - experimentem primeiro a receita e depois regressem ao post para dar a vossa opinião e agradecer a partilha.

2. Presença: uma presença constante e regular é importante para quem está a construir uma comunidade. O Instagram alterou a ordem cronológica por um  algoritmo que dá prioridade aos posts com maior engagement e isso veio complicar a vida de quem é "verde" por lá. Pelo menos uma imagem por dia para criar um hábito e não se perder entre milhares de posts que nos passam pelos olhos e a horas a que os vossos seguidores estejam online.

Exemplo: confesso que até agora não segui nenhuma regra em particular, mas sei que se colocar uma imagem ou video entre as 8:30 e as 9:30 da manhã ou depois das 21:00 esse post terá mais visualizações. Os sábados à tarde são para esquecer, já os domingos à noite podem ser um sucesso.

3. Videos: com a introdução das Stories a possibilidade de partilhar videos multiplicou-se - aqui podem partilhar videos que ficam visíveis durante 24 horas e  colocá-los em formato de post, que fica "para sempre" no vosso feed. Os videos têm vindo a ganhar mais notoriedade e são uma forma de criar um maior engagement o que faz com que o algoritmo do Instagram os faça saltar para a ribalta com maior facilidade. Não tenham receio, experimentem, partilhem, vejam o que vos traz mais retorno.

Nota: nos videos sejam coerentes com o que partilham em imagem... tenho visto muitos nas Stories deitaram por terra a imagem que tinha de certos instagrammers - resultado? Unfollow! Eu sei que não é possível agradar a Gregos e Troianos e uma imagem fixa puxa-nos mais pela imaginação, mas também nos leva a criar imagens falsas de coisas e formas de viver que depois se revelam absurdas.

4. Hashtags e Tags: ou se amam ou se odeiam e o equilibrio é a razão para se conseguir sucesso. Não é o facto de um post ter duas mil hashtags - eu sei que estou a exagerar - vai ter mais sucesso. Às vezes basta meia dúzia para que o post sobressaia no meio de milhares - se por um lado não queremos uma que se perca na multidão, por outro não queremos uma tão exclusiva que não seja encontrada - é que o palheiro é grande e a agulha é quase impossível de descobrir. Procurem posts com hashtags semelhantes, incluam hashtags de comunidades onde possam incluir as vossas imagens e ganhar destaque e se se tratar de fotos de um evento ou de um local que frequentem incluam uma relativa ao mesmo, pois quase de certeza os organizadores do evento ou community managers dessas páginas vos irão encontrar e destacar nos seus próprios feeds. No caso de produtos, mencionem as marcas com uma tag - não gostariam que fizessem o mesmo convosco?

Exemplo: há uns meses marquei uma foto com uma das t-shirts que uso no ballet e com a marca das minhas sapatilhas de pontas; esta foi vista pela marca, a qual fez um repost o que gerou imenso tráfego não só para a mesma (até agora é o post mais comentado no seu feed) como para mim.

Chegaram aqui? Obrigada!
Agora fico a aguardar o vosso feedback 😊

.
Pano p'ra Mangas
Facebook | Instagram | Pinterest 

11 comentários:

  1. Ola' Margarida, boas dicas! A propo'sito disto descobri ha' pouco um novo podcast que acho vais gostar: "hashtag authentic" da Sara Tasker (me and orla), guru do instagram. E' muito fixe, gosto da abordagem dela, e' mesmo mais autentica. Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela dica, Sara. Vou procurar e ouvir. Beijinhos e boa semana.

      Eliminar
  2. Obrigada pelas dicas! Comecei há pouco no Instagram pelo que acredito que as tuas dicas me sejam muito úteis!. :)

    ResponderEliminar
  3. É isso mesmo! Ainda não sou grande fã do Instagram, mas estou a habituar-me... O meu blog já por lá anda e estas dicas são boas! Obrigada!

    ResponderEliminar
  4. Ah, e também eu tenho 41 e estou no ballet!!!!! :-D

    ResponderEliminar
  5. Obrigada! Deste-me uma boa ideia. :)

    ResponderEliminar
  6. Ando nestas andanças do Instagram há quase 4 anos, sobretudo pela paixão pela fotografia mas confesso que já gostei mais ...
    Beijinhos e parabéns, foi uma boa partilha ;)

    ResponderEliminar
  7. Na mouche :) e não é que se complementam mesmo, os nossos posts? Adorei as tuas dicas e confesso que tento por em prática quase todas! Beijinhos

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Blogging tips