quarta-feira, 7 de novembro de 2018

This is the PLACE to be

Às vezes é necessário mudar. Porque sim. Porque não somos árvores. Porque a mudança é necessária. E para isso é preciso fazer escolhas: nem sempre fáceis, nem sempre de ânimo leve, contudo se a nossa consciência nos diz que é isso que devemos fazer, por que não? Eu sou uma pessoa de hábitos e por vezes é-me difícil mudá-los...

Pois é. Mudei de ginásio. Mudei de tipo de treino. Mudei muita coisa. Só não mudei - ainda - o equipamento eh eh eh 

E porquê? Porque achei que era hora de o fazer. Perdi a motivação para treinar durante o verão e o regresso à rotina estava a custar-me imenso. A mudança nada tem a ver com o ginásio que frequentava nem com os PTs. O "problema" estava dentro de mim e a única forma de o resolver foi mudar. Mais uma vez andei a pesquisar que outros ginásios haveria nas proximidades da minha casa e encontrei uns quantos. Fui ver um e pareceu-me que seria mais do mesmo e se eu me apetecia mudar não seria para algo igual. Depois fui ver o PLACE e fiquei interessada...

Dois dias depois da primeira visita fui fazer um treino experimental e três dias depois formalizei a inscrição.

De que é que gostei logo à primeira vista? Várias coisas:
- a simpatia com que fui recebida
- a clareza com que me explicaram o funcionamento do espaço
- a luz natural que banha toda a sala 
- a colaboração dos PTs em sala e a atenção que dão a quem está a treinar
- o tipo de pessoas que frequenta o ginásio (é que eu sou muito esquisitinha e se tivesse visto aquela malta do ferro tinha logo dado meia volta...)
- os treinos (em sala há dois tipos disponíveis aos quais são feitos ajustes e cada pessoa tem um plano que é prescrito após uma avaliação)
- o facto de ter uma nutricionista
- os sorrisos de toda a gente
O meu instinto disse-me que estava no sitio certo e em boa hora decidi dar o salto. Desde então tenho ido treinar quase todos os dias - really, Margarida? OS DEUSES ENLOUQUECERAM, DE VEZ! Sim, em vez de três vezes por semana, tenho ido cinco - já explico mais abaixo...

Já fiz a primeira avaliação física - sem comentários, pois o que tinha conquistado até Julho, destrui durante o verão - bastante completa e pormenorizada e já tenho o meu plano de treino, o qual vou alternando com treinos metabólicos. Neste momento o objectivo é perder massa gorda e redefinir as curvas da Serra do Caldeirão - podem não acreditar, mas até a cintura ficou em modo barril e ganhei um pneu Michelin que há muito não tinha 😒

Os treinos são muito diferentes daquilo a que estava habituada, mas tenho a certeza que o trabalho anterior serviu de base para este, especialmente a nível da resistência e de alguma autonomia, pois não tenho de pedir ajuda de cada vez que leio nomes como "squat com press de ombros" ou "lunge atrás com halteres" - só para dar uns exemplos... Os únicos aparelhos que uso são a passadeira, o remo e a bicicleta e os restantes exercícios são feitos apenas com o peso do corpo - na hora fico muito mais cansada e transpiro que nem uma louca, mas depois não fico tão dorida ao ponto de não me conseguir virar na cama, como às vezes acontecia. É caso para dizer: "uma hora de treino por dia não sabe o bem que lhe fazia" 😀

Os resultados virão com o tempo, o esforço e a dedicação. Neste momento recuperei o mais importante:  a MOTIVAÇÃO sem a qual não chegarei a lugar nenhum.

OBRIGADA a todos os que me acompanham nesta nova etapa de um caminho que já é longo. O meu mote é:

Não quero um corpo igual ao da fulana ou sicrana. 
Eu quero a melhor versão que o meu corpo pode ter.

Pano p'ra Mangas

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Blogging tips