quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Yellow


Diz-se que se não houvesse mau gosto o amarelo não se gastava. Diz-se, também, que a preguiça é amarela e morreu de sede à beira do rio. Ora isto explica muita coisa sobre mim: nunca fui uma rapariga dita fashion e de vez em quando tenho ataques infinitos de preguiça - ou será ataques de preguiça infinita? Who cares, anway...
Fiz este cachecol, segundo as instruções do livro Malhas Portuguesas da Rosa Pomar, na viagem de comboio do Porto para Faro em Dezembro!!!!, mas sabe-se lá porquê só ontem o usei. E não é que fica a matar com o chapéu que a minha mãe me ofereceu?

E porquê esta história do amarelo? Porque pelos vistos é uma cor que me acompanha há muitos anos... A foto da "mini me" foi-me dada hoje pelo meu pai e achei tão gira a coincidência da cor...
E (sim, outro "e") o post de hoje até tem direito a banda sonora: Yellow, dos Coldplay!


Pano p'ra Mangas

6 comentários:

  1. Já reparaste que não estavas de encarnado nessa foto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o encarnado era de inverno!!!! :-D

      Eliminar
  2. Pois eu acho lindo :)
    Gosto muito do amarelo, em vários tons :)
    E esse mostarda é muito bonito e fica-lhe muito bem ;)

    ResponderEliminar
  3. Ficou muito giro! Fica a "matar" com o chapéu. Tenho uma relação também especial com o amarelo, não sei porquê, principalmente com o "mostarda". :)

    ResponderEliminar
  4. Tao bem que fica e que cor espectacular!.

    ResponderEliminar
  5. gosto muito mas é uma cor que só lhe pego quando estou bronzeada :)
    estás superrrrr na foto!
    bjs

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Blogging tips